1º Leilão (2009)
2º Leilão (2011)
3º Leilão (2013)
4º Leilão (2015)
Histórico

O Leilão Pecuária Solidária, foi uma iniciativa, para comemorar em 2009, meus 25 anos de atuação profissional no Tocantins.
1º Leilão

2009
O evento que reuniu produtores rurais, empresários, lideranças classistas e políticas do estado, arrecadou mais de R$ 400 mil, com a ajuda de doadores de oito estados, além do Tocantins. O resultado destas doações foi destinado a cinco entidades assistenciais, que atuam na área da saúde, assistindo pessoas e famílias carentes.
Mais de R$ 400 mil arrecadados com a ajuda de doadores de oito estados, além do Tocantins.
Doações destinadas a cinco entidades assistenciais.
2º Leilão

2011
Show de Lançamento
Clique aqui para ver a galeria completa.
Parceiro no primeiro leilão em 2009, doando animais de sua fazenda no Tocantins, o cantor Leonardo, realizou em 18 de Maio de 2011, em Palmas, sem cobrança de cachê, um Show no Crystal Hall, para lançar oficialmente o Leilão Pecuária Solidaria 2011.
Ao final do show Leonardo anunciou que abria a lista de doações para o leilão com a oferta de um lote de bezerros nelore de sua propriedade no Tocantins.
Entidades Beneficiadas

2011


• Ligas Femininas de Prevenção e Combate ao Câncer ( Gurupi, Paraíso e Palmas) 02 Cotas

• Associação dos Amigos Portadores de Câncer - (Araguaina)

• Programa Mãe de Leite

• Projeto Sementinhas do Amor - (Palmas)

• Fazenda da Esperança - (Lajeado e Porto Nacional)

• Creche Maria Madalena e irmã Dulce - (Gurupi)

• APAE - (Aliança e Gurupi)

• Asilo João XXXIII - (Porto Nacional)

• Casa de Apoio São Luiz - (Aparecida de Goiânia). Entidade que acolhe pessoas em Tratamento contra o Câncer em Goiânia, onde mais de 60% são pacientes do Tocantins.
Parceiros

O Leilão Pecúaria Solidária recebeu apoio e firmou parcerias com diversas empresas do setor privado, empresários e produtores rurais do Tocantins e de diversos outros estados. A iniciativa que em 2009 teve o apoio integral de mídia, da Organização Jayme Câmara, novamente aconteceu na edição de 2011. Todas as inserções nos meios abaixo foram interamente gratuita:
• Anhanguera        • Rádios Araguaia        • CBN        • Jornal do Tocantins

Também são parceiros:

• Mitsubishi Motors
• Agência Public
• Maxximus Participações
• Grupo Décio
• Cachaça Trinchete
• Sementes Uniggel
• Agroquima
• Central Lagoa da Serra
• Nelore Culinnan
• Nelore Brilhant
• Semeagro
• Cooperfrigu
• Rede Mídia Estruturas
• Brahma Express
• Revista Nelore
• Premix
• Bellman
• Caltins
• Morlan
• Socil
• Nelore Euro
• Nelore JES
Agradecimentos

Desejo agradecer indistintamente a todas as pessoas e empresas, que acreditaram e contribuíram com o 2º Leilão Pecuária Solidária ocorrido em dezembro/2011 em Palmas-TO. Absolutamente impossivel citar nominalmente, pois a quantidade de colaboradores, voluntarios, profissionais liberais e amigos que se envolveram diretamente com este evento supera a marca de 200.

Este reconhecimento e gratidão é tambem em nome das 10 entidades e projetos sociais que receberam os recursos que arrecadamos. O resultado que obtivemos reflete a soma do esforço comum e da visão de responsabilidade social. Todos igualmente, foram exemplos de generosidade, desde a menor doaçao à maior contribuição recebida. Agradeço a confiança e o estimulo para que pudessemos realizar este encontro fraterno e ajudarmos centenas de familias e pessoas carentes. A todos aqueles que enviaram mensagens, o nosso agradecimento, como também aos que compareceram se juntando ao público de 900 pessoas que nos prestigiaram.

Do valor total bruto de R$ 506 mil, após o recebimento e o pagamento dos custos, entregamos o resultado liquido de R$ 355 mil as entidades no dia 17 de dezembro, em solenidade publica, na presença dos doadores, autoridades e imprensa. Como em 2009, prestamos contas a todos os parceiros e a sociedade de forma geral.
3º Leilão

2013
”Cantor colabora novamente. Jantar e Show com Leonardo”

Para arrecadar recursos para o Leilão Pecuária Solidaria 2013, Leonardo participa de um jantar por adesão e realiza um Pocket Show Acústico, sem cobrança de cachê.
Leilão Pecuária Solidária arrecada R$ 595 mil
em Paraíso do Tocantins


A terceira edição do Leilão Pecuária Solidária arrecadou montante de R$ 595 mil, 18% a mais que o evento de 2011, em Palmas. Realizado neste domingo, 20, no tattersal José São José, em Paraíso do Tocantins, o leilão reuniu cerca de 900 pessoas, algumas delas de várias partes do Brasil. "Graças aos parceiros, colaboradores e ao público em geral, superamos as expectativas. Foram inúmeras doações pelo AgroCanal. Creio que é a maior demonstração do espírito humanitário do agronegócio no Tocantins", disse o leiloeiro Eduardo Gomes, idealizador e organizador do projeto. Desse valor bruto de mais de meio milhão de reais serão deduzidas as despesas, e o restante será doado a entidades assistenciais que atendem pessoas carentes do Estado, principalmente na área de saúde. "Independente da dedução das despesas para chegarmos ao valor líquido ja podemos afirmar q ue as três edições já geraram cerca de R$ 1 milhão em doação a entidades assistenciais", complementou.

Nas duas edições anteriores (Gurupi, em 2009, e Palmas, em 2011) foram doados R$ 685 mil. O lote de maior valor vendido neste domingo foi um touro nelore doado pelo cantor sertanejo Leonardo remanescente do leilão de 2011. Batizado de "Talismã" (nome de um dos sucessos da dupla Leandro & Leonardo), o animal resultou numa arrecadação de R$ 118,5 mil. O cantor é um dos principais colaboradores do projeto, desde a primeira edição, em 2009. Recentemente, Leonardo fez uma apresentação especial em Palmas, com a renda revertida para o evento. Sua mãe, dona Carmem, que dirige a Casa de Apoio São Luiz, em Aparecida de Goiânia, entregou cheque de R$ 36 mil, referente ao show. "Nós, sozinhos, não fazemos nada. Unidos, como estamos hoje, podemos fazer muito pelas pessoas", disse.

Outro destaque do leilão foi a camioneta L200 da Mitsubishi, doada pela Marca Motors, vendida por R$ 91,5 mil. "O projeto é sério e muito importante, um exemplo de como a iniciativa privada pode ser engajada em iniciativas como essa", declarou Marco Gil Filho, da concessionária da Mitsubishi no Tocantins. Outro empresário do segmento do agronegócio que fez questão de participar foi Antônio Roberto da Silva, da JC Maschietto, empresa de sementes. "Empresa foi solidária com o objetivo do projeto e esperar participar sempre. Um evento como este é a prova que surte efeitos positivos a união dos setores em prol de uma causa."

Para o empresário Celso Guelfi, de São Paulo, a iniciativa representa retribuição do Estado ao segmento do agronegócio. "Muitos dos colaboradores investem aqui no Tocantins e nada mais justo que fazer isso em prol do Tocantins. Nada como doar o tempo, dedicação e algo mais em benefício do próximo."

Além de agropecuaristas, empresários e profissionais do setor, o Pecuária Solidária foi prestigiado por autoridades do Estado. O vice-governador João Oliveira representou o governador Siqueira Campos no evento. Outros que participaram foram o prefeito Moisés Avelino, o ex-governador Marcelo Miranda, e o deputado estadual Osires Damaso, entre outros.
Entidades Beneficiadas

2013
Neste ano mais de dez entidades receberão as doações. A entrega ocorre numa cerimônia pública de prestação de contas marcada para o dia 14 de dezembro, em Palmas. Uma das beneficiadas é a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Paraíso do Tocantins. Para a presidente da entidade, Aurizete Maria de Carvalho Sá, doações como essas são importantes para a melhoria do atendimento. "Vai ajudar muito. Não temos renda própria e o valor arrecadado, seja por órgãos públicos e doações, não é suficiente para realizarmos o trabalho", disse. Com 200 assistidos, a entidade espera a doação para melhorar a estrutura da entidade.

Outro que vê a doação como um alento para as entidades é o presidente da conferência São Francisco de Assis, Lairson Lopes, que integra a Sociedade São Vicente de Paulo. "É uma ajuda a mais para melhorar o atendimento e assistência às famílias como remédios, alimentação e outras coisas que necessitam", afirmou.
As entidades beneficiadas este ano foram:

• Ligas Femininas de Prevenção e Combate ao Câncer de Palmas, Gurupi e Paraíso do Tocantins

• Fazenda da Esperança, Casa de Apoio São Luiz (Aparecida de Goiânia)

• Apaes de Aliança do Tocantins, Paraíso e Porto Nacional
• Projeto Sementinhas do Amor (Palmas)

• Programa Mãe de Leite

• Creche Maria Madalena e irmã Dulce (Gurupi)

• Sociedade São Vicente de Paula (Vicentinos de Paraíso e Gurupi)
Kátia Abreu afirma que Leilão Pecuária
Solidária é exemplo para o País




Ação social que reúne diversos segmentos do agronegócio e que já arrecadou R$ 1 milhão a entidades assistenciais que cuidam de famílias tocantinenses, o Leilão Pecuária Solidária foi tema de discurso da senadora Kátia Abreu no Senado.

A parlamentar tocantinense registrou votos de aplausos ao idealizador e organizador do projeto, o leiloeiro Eduardo Gomes, pela realização do evento, que teve a terceira edição realizada no último dia 20, em Paraíso do Tocantins. "O leilão é um exemplo para o Brasil, uma demonstração do quanto a pecuária brasileira é solidária. Grande evento de exemplo de solidariedade e fé cristã", afirmou a senadora, no plenário da Casa.

Durante seu pronunciamento, Kátia Abreu destacou que o leilão é bienal, atende pessoas com deficiência, carentes e de baixa renda e citou valores arrecadados com doações originárias de produtores rurais e empresas do setor do agronegócio. Somente no leilão do último dia 20 foram arrecadados R$ 595 mil. Deduzidas as despesas, o restante será doado para as entidades parceiras. Nas duas outras edições, o montante doado foi de R$ 685 mil.

Kátia Abreu abordou ainda a participação maciça dos produtores rurais na iniciativa. "Todo o rebanho é doado pelos produtores rurais. E o leiloeiro Eduardo Gomes tem a capacidade para mobilizar os pecuaristas e credibilidade para realizar o leilão", disse.
Em três edições, Pecuária Solidária distribuiu mais de
R$ 1 milhão a entidades assistenciais do Tocantins
Em três edições (2009, 2011 e 2013) o Leilão Pecuária Solidária arrecadou mais de R$ 1,1 milhão em doações para entidades assistenciais que atendem famílias carentes do Tocantins. O projeto, que une diversos segmentos da cadeia produtiva do agronegócio, é i dealizado e organizado pelo leiloeiro Eduardo Gomes.

A entrega dos cheques às entidades beneficiadas, cuja maioria atua na área de saúde, foi realizada no dia 14 de dezembro, em Palmas (TO) em uma prestação de contas pública da edição deste ano do Pecuária Solidária, realizada em outubro, em Paraíso do Tocantins.

Foi entregue o valor de R$ 416 mil obtido com a edição de 2013 do leilão. Esse valor, somado ao montante das duas edições anteriores (Gurupi, em 2009, e Palmas, em 2011, que totalizaram R$ 685 mil), chega a R$ 1,1 milhão para os beneficiados. "Neste ano o evento apresentou uma relação menor entre o custo e a receita obtida em função de novas parcerias que surgiram. E o valor líquido repassado para as entidades este ano foi R$ 101 mil acima do ocorrido no ultimo leilão em 2011", disse o organizador do evento.

Ainda segundo ele, a doação da camionete Mitsubishi Triton arrematada por R$ 91,5 mil, após descontos de impostos, frete e custos financeiros, rendeu ao leilão R$ 40,5 mil. Outro custo de maior valor refere-se à transmissão ao vivo pelo AgroCanal, de R$ 40 mil. "Portanto somente nestes dois itens se abateu R$ 91 mil. Também foi deduzido do repasse as entidades o valor de R$ 25 mil, que corresponde a valores doados e que não foram liquidados até a data da prestação de contas, passando portanto a serem desconsiderados", explicou. Gomes também informou que houve custo de R$ 63 mil para a estrutura de apoio, profissionais, equipamentos, buffet, frete de animais, viagens para organização, entre outros. Portanto, dos R$ 595 mil brutos foram doados R$ 416 mil.

Cheques

Os R$ 416 mil foram distribuídos às entidades da seguinte forma: as Apaes (três entidades) ficaram com R$ 75 mil; Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (três núcleos beneficiados também com R$ 75 mil); Fazenda da Esperança (três comunidades beneficiadas com R$ 71 mil); Casa de Apoio São Luiz R$ 40 mil; Sociedade São Vicente de Paulo, os Vicentinos (duas unidades receberam R$ 40 mil); Projeto Sementinhas do Amor R$ 30 mil; Creches (duas unidades R$ 55 mil); e Programa Mãe de Leite R$ 30 mil.

4º LEILÃO PECUÁRIA SOLIDÁRIA.
01 NOV | 2015 | ARAGUAÍNA-TO
TRANSMISSÃO: AGROCANAL
Com R$ 654 mil arrecadados, 4ºLeilão Pecuária Solidária bate recorde em Araguaína

Crescimento no valor arrecadado em relação a primeira edição, em 2009, é de 51%. No dia 17 de dezembro será feita a prestação de contas e apresentação do balanço do leilão.

A cidade de Araguaína (norte do Tocantins) foi sede neste domingo, 1º, de uma edição histórica do Leilão Pecuária Solidária. O projeto que une os diversos segmentos do agronegócio do Brasil arrecadou R$ 654 mil. Os números apontam para um crescimento de 51% em relação a primeira edição em 2009, na cidade de Gurupi. O balanço oficial foi divulgado na manhã desta terça-feira, 3.

“O espírito solidário da sociedade de Araguaína mais uma vez se fez presente", comemorou o realizador do projeto, o leiloeiro Eduardo Gomes. Cerca de 800 pessoas compareceram à sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Araguaína. O leilão teve duração de mais de oito horas. "A cada edição estamos registrando crescimento não só na arrecadação, mas sobretudo em novas adesões e engajamento de novos parceiros."

A primeira edição, em Gurupi, arrecadou R$ 400 mil. Em 2011, em Palmas, captou R$ 500 mil. Já em Paraíso do Tocantins, no ano de 2013, a arrecadação foi de R$ 595 mil. Segundo ele, após abater os custos para a realização do evento, o saldo líquido será repassado as entidades assistenciais que cuidam de pessoas carentes do Tocantins, Pará e Goiás.

No dia 17 de dezembro, em Araguaína, será feita a prestação de contas e apresentação do balanço final, com a destinação dos valores para as entidades, conforme o investimento definido entre os representantes das beneficiadas e organização do projeto.




CORRENTE DE DOAÇÕES

Característica do Leilão Pecuária Solidária, a compra de animais e de outros bens são em grande parte destinados novamente para serem apregoados. Esta atitude foi responsável para que um único reprodutor Nelore que abriu o leilão, e doado pelo cantor Leonardo, acumulasse R$ 143 mil em lances sucessivos. "É uma demonstração de que o objetivo não é realizar um negócio e sim em colaborar", disse o realizador do evento, o leiloeiro Eduardo Gomes.

As iniciativas do cantor Leonardo já são responsáveis por por acumular R$ 480 mil para o projeto. Foi dele também a primeira doação desta quarta edição: R$ 82 mil, resultado de seu show beneficente, em setembro, na cidade. Na oportunidade, ele abriu mão do cachê. As irmãs do cantor, Carmem e Fátima, que administram a Casa de Apoio São Luiz, em Aparecida de Goiânia, entregaram o cheque simbólico do valor da doação.

Produtores e empreendedores rurais de seis Estados adquiriram os mais de 100 animais e centenas de produtos e equipamentos agropecuários. Outro destaque foi o leilão de um veículo. O empresário Rossine Aires Guimarães foi o comprador da camionete L200 Triton, doada pela Marca Motors, revendedora da multinacional Mitsubishi. O veículo arrematado por R$ 107 mil e a confirmação de outra venda para o pecuarista Divino Cabral, possibilitou a empresa doar R$ 38 mil ao leilão.




PARCEIROS

Ao abrir a coleta de lances, Eduardo Gomes fez questão de destacar a parceria para que a quarta edição fosse realizada na cidade. “A união de todos os envolvidos na captação de doações e recursos, na organização, divulgação e realização do leilão traz para esta iniciativa a certeza que não existe absolutamente nada que não possamos realizar quando a fé, a perseverança e o amor sejam os nossos horizontes”, disse.

Eduardo Gomes, que citou o engajamento do Sindicato dos Produtores Rurais, do Rotaty Clube, da Associação Comercial e Industrial (Aciara) e Lojas Maçônicas, parceiras do evento. “Uma comunhão de propósitos que nos sinalizou o cenário que hoje encontramos: um ambiente onde a prioridade de se fazer o bem está acima de quaisquer outros interesses”, disse.

Na abertura, o leiloeiro foi contemplado com o título de “Mérito Rotário”, pelo clube de serviço de Araguaína. Conforme o certificado entregue pela presidente do Rotary Club de Araguaína, Marilene de Carvalho, o título se deve aos benefícios “às entidades e por sua destacada atuação profissional, ética e valorização da pessoa humana, desprendimento e por participar do ideal de servir”.




ENTIDADES

Representantes das entidades que receberão parte da arrecadação participaram do evento. Para Emília dos Santos Souza, presidente da Associação Tra Noi, de Araguaína, a doação é “uma preciosidade”. “A necessidade nossa é grande, sobrevivemos só de doações. Uma ajuda dessa é muito bem-vinda”, disse. O dinheiro será usado para a reforma da cozinha. Segundo ela, a entidade atende atualmente 70 pessoas, em média, por dia, a maioria que vem ao município para tratamento oncológico.

Já a coordenadora da Casa de Acolhimento Ana Caroline, em Araguaína, a colaboração será vital para melhorar o atendimento as 26 às crianças que vivem na entidade. “Vamos usar o dinheiro para a compra de mobiliário. Além da doação, que é importantíssima, ganhamos muito com a participação no leilão porque dá mais visibilidade à entidade, atraindo mais colaboradores.”

As entidades beneficiadas nesta edição são: Banco de Leite do Hospital Dom Orione; Casa das Meninas Ágape; Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório; Lar do Idoso Cantinho do Vovô; e Casa de Passagem "Tra Noi". Ainda serão beneficiadas: APAEs de Guaraí e Dois Irmãos; creches Maria Madalena e Irmã Dulce, de Gurupi; Casa do Caminho, de Paraíso; Fazenda da Esperança, de Porto; Casa de Apoio São Luiz (Aparecida de Goiânia) e Centro de Convivência dos Idosos, de Xinguara, no Pará.




RECONHECIMENTO

Em seu pronunciamento, o presidente do Sindicato Rural, Roberto Paulino, destacou a importância de Araguaína ser sede do evento de cunho social. “Quem doa nunca perde. Não olhem o valor, mas sim o quanto a sua doação irá ajudar, pediu aos participantes.

Para o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, o evento se torna referência para o Brasil. “O agronegócio gera empregos e oportunidades em Araguaína, que é a capital do boi gordo, a capital econômica do Tocantins. E este projeto é uma marca da solidariedade do produtor em todo o Brasil”, disse.

Representando o governo do Estado, o secretário de Articulação Política, Paulo Sidnei, falou da importância do projeto. “É uma campanha maravilhosa. Por meio da pecuária, você mostrou a todos nós o sentimento humano”, disse, em referência a Eduardo Gomes.

O evento encerra a programação do Circuito ExpoCorte, que apóia a iniciativa a nível nacional.

SERVIÇO - O 4º Leilão Pecuária Solidária será realizado no dia 1º novembro (domingo), a partir das 13h, no Parque de Exposições do Sindicato Rural, com transmissão ao vivo pelo Agrocanal.






Sem receber cachê e revertendo a renda para o Leilão Pecuária Solidária, pela terceira vez o cantor Leonardo se apresenta no Tocantins com este objetivo:Ajudar entidades e projetos sociais que cuidam de pessoas carentes. Evento limitado para apenas 100 pessoas, incluindo bufê completo com bebidas.
Informações: 63 9975 6870 c/ Edson Ribeiro.




Assista o vídeo: Organizadores de leilão solidário visitam instituições beneficiadas